quinta-feira, 4 de maio de 2017

SEGUNDO MARQUETEIRA DILMA AVISA LAVA JATO COM EMAIL FICTÍIO


Mulher e sócia do marqueteiro João Santana, Monica Moura disse em delação premiada que a ex-presidente Dilma Rousseff e o casal tinham um e-mail com nome fictício usado para troca de mensagens sobre as investigações da Operação Lava Jato. Segundo a delatora, foi por este canal que Dilma avisou do avanço da Lava Jato em direção a eles.

A delação premiada de Monica e João Santana já foi homologada pelo Supremo Tribunal Federal. 

De acordo com a assessoria de Dilma, João Santana e Mônica Moura "faltaram com a verdade" e fizeram "afirmações desprovidas de qualquer fundamento ou prova". Segundo a assessoria, o casal foi induzido a delatar fatos inexistentes para ganhar liberdade ou diminuir eventuais penas (leia íntegra de nota ao final deste texto). 

De acordo com o relato obtido pela GloboNews, o email  foi criado em 2015 porque Dilma estava preocupada com a evolução da Lava Jato e queria um canal de comunicação seguro com o casal.

Monica, então, teria criado a conta. Tanto a marqueteira quanto Dilma tinham a senha. VEJA + G1 Click Aqui

0 comentários: