terça-feira, 12 de abril de 2016

NOVO GOL E VOYAGE 2017 SÃO APRESENTADOS


A Volkswagen apresenta a linha 2017 dos modelos Gol e Voyage com uma nova postura de marketing. A marca abandona o slogan "DasAuto", considerado arrogante, e promete ser mais ágil, emocional e focada no cliente brasileiro. "O consumidor não entendia o que significava nosso slogan e, após saber, era pior ainda. Agora seremos a marca não só do carro, mas sim das pessoas", explicou Jorge Portugal, Vice-Presidente de Vendas e Marketing.
Esse novo posicionamento surge após o escândalo do Dieselgate (no qual milhares de carros da VW mundo afora foram descobertos como poluidores muito acima da legislação) e será adotado em todo o mundo. Mas, especialmente no Brasil, a marca quer se reconectar aos desejos do cliente, pois assume que ficou distante da realidade do mercado nos últimos anos. Tanto é que, hoje, a marca é apenas a terceira colocada em vendas no país.
A mudança começa justamente pelo Gol, que após 27 anos de liderança foi desbancado em 2014 e desde então só vem caindo no ranking da Fenabrave (briga pela décima colocação atualmente). A ideia com a reestilização e, principalmente, com o novo interior, é reposicionar o compacto no mercado. Primeira novidade: as versões 1.0 (Trendline e Comfortline) recebem o novo motor 3-cilindros e 12 válvulas já usado pelo Fox e up!, que gera 82 cv e 10,4 kgfm de torque, aliado a uma transmissão de relações mais longas para melhorar o consumo de combustível.


Nas versões mais caras (Comfortline e Highline), o Gol mantém o antigo 1.6 8V de 104 cv e 15,6 kgfm de torque, disponível com câmbio manual ou automatizado i-Motion. Já a versão Rallye, única a utilizar o novo motor 1.6 16V de 120 cv e 16,8 kgfm, deixa de ser oferecida. "Era uma versão de volume muito pequeno, já temos o Cross up! e o CrossFox para atender a esse mercado", diz Henrique Sampaio, Gerente de Produto. Embora sem citar datas ("não é para já"), Sampaio dá a entender que o caminho para as versões superiores do Gol será ganhar o elogiado 1.0 TSI de 105 cv do up!, mas não sabemos se isso acontecerá ainda nesta geração ou somente na próxima, prevista para 2018. "O atual 1.6 ainda tem muita gente que gosta", despista o executivo. Veja mais detalhes Click Aqui MSN CARROS

Nenhum comentário: