sexta-feira, 11 de agosto de 2017

ENQUANTO ISSO EM BRASILIA

MAIA DÁ FACADA EM TEMER E DIZ O ÓBVIO: NUNCA HOUVE AJUSTE FISCAL


Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta sexta-feira, 10, que a mudança da meta fiscal deste ano, de um déficit de R$ 139 bilhões para um rombo que pode chegar a R$ 159 bilhões, será "muito ruim" e significa que o governo não conseguiu cumprir seu papel de cortar despesas; em palestra na Fundação Getulio Vargas, no Rio de Janeiro, Maia foi duro e disse que a Câmara não vai apoiar o governo em nenhum tipo de aumento de impostos; segundo ele, a crise envolvendo o presidente Michel Temer e o erro na expectativa de arrecadação geraram dificuldades para a aprovação da reforma da Previdência.

Nenhum comentário: