sexta-feira, 8 de abril de 2016

CONFRONTO E MORTE MST NO PARANÁ



Confronto entre a Polícia Militar (PM) e integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocorrido na tarde desta quinta-feira (7) deixou pelo menos dois mortos e seis feridos na zona rural de Quedas do Iguaçu . Os mortos seriam trabalhadores. O MST diverge dos dados oficiais e afirma que 22 pessoas ficaram feridas. 
De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP), duas equipes da PM foram vítimas de uma emboscada quando tentavam ajudar a combater um incêndio numa área conhecida como Fazendinha, nas proximidades do acampamento Dom Thomas Balduino 
Assim que o fogo começou, os policiais da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) e uma brigada de incêndio da empresa Araupel foram até o local para combater as chamas. Mas antes de chegar até o local da queimada, os policiais foram alvo de uma emboscada. 
Mais de 20 pessoas do Movimento Sem Terra (MST) estavam no local e começaram a disparar contra as equipes da PM, que reagiu ao ataque. Durante o confronto, dois sem terra morreram e seis ficaram feridos. Com eles, a polícia apreendeu uma pistola 9 milímetros e uma espingarda calibre 12. O restante do grupo se embrenhou na mata. 
A PM enviou equipes para o local para resgatar as vítimas, inclusive um helicóptero para remover os feridos. Além disso, foram destacados policiais militares e civis para a região com o objetivo de reforçar a segurança – uma vez que há uma briga judicial envolvendo o MST e a empresa Araupel. A Polícia Civil já abriu um inquérito para apurar os fatos.(bonde)

Nenhum comentário: