terça-feira, 27 de janeiro de 2015

JUÍZA DE FAXINAL DETERMINA DESOCUPAÇÃO DE FAZENDA EM BORRAZÓPOLIS


Um grupo de cerca de 50 pessoas ocupou no último dia 23 uma fazenda em Borrazópolis (Vale do Ivaí), às margens da PR-272, de mais de mil hectares. Os ocupantes inicialmente teriam feito refém a família que administra a fazenda e a liberado horas depois. Teriam ainda abatido diversos animais.

Segundo a proprietária da Fazenda Ilha, Anita Boyskov, é uma terra produtiva e a reintegração de posse já foi, inclusive, concedida. De acordo com a advogada Patricia Pedalino, a liminar foi deferida no sábado pela juíza da comarca de Faxinal, Lilian Rhey. "Ela determinou que saíssem nas 24 horas seguintes à notificação. O prazo encerrou-se às 15h30 de hoje (ontem). Mas eles diziam que não iriam se retirar de lá", comentou. Ainda conforme a advogada, caso não saíssem amigavelmente, a juíza autorizou o uso de força policial para a reintegração de posse da fazenda.


O grupo se denominou como pertencente ao Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), ligado à Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag). Na entrega do ofício, entretanto, diziam que eram apenas "do povo".

Em depoimento à reportagem, o diretor da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Paraná (Fetaep), Marcos Brambilla, comentou que, até ontem, nenhuma liderança do grupo havia entrado em contato com os sindicatos representantes. "Nossa orientação é exatamente o contrário do que fizeram. Não concordamos com ocupação de terra que não seja desapropriada, caso dessa fazenda, nem abate de animais. A única informação que temos é que seriam pessoas que estavam num acampamento em Marilândia do Sul", pontuou.

Até o fechamento da edição, a Polícia Militar de Ivaiporã, que está responsável pela ação, não informou quando seria realizada a reintegração de posse na fazenda.

Canal 500 Notícias com Folha de Londrina 

NOTÍCIAS DO VALE DO IVAÍ - PARANÁ - BRASIL - INTERNACIONAL

Nenhum comentário: